Mostra Labmis 2015

Rosa com ventos da memória Sonia Teixeira

Sobre o Projeto

  • Rosa com Ventos da Memória

    A videoinstalação de Sonia Teixeira é um mergulho em uma das grandes questões do século XXI: o looping temporal, quando a noção do tempo contrapõe a velocidade da comunicação e a interação virtual com a escuta interna na busca de sentido do ser humano. Catorze pessoas falam nos vídeos sobre a presença da tecnologia digital e da web em seus cotidianos. Uma performance discute três personas presentes em cada um: a sedução do outro, o desejo de ser o outro e, por fim, a busca de si mesmo. Seis vídeos, quatro pontos cardeais: N/Bússola, S/Tecnologia, L/Tempo, O/Memória, Central/Provocações, Performance/Personas.

    Rosa com ventos da memória apresenta uma visão polifônica, instigando inquietações e provocando a reflexão sobre a busca do autoconhecimento e a construção de significados no mundo contemporâneo.

    VIDEOINSTALAÇÃO
    6 vídeos
    TVs, projetor, fones de ouvido
    6’52”, 5’53”, 6’10”, 4’47”, 5’20”, 3’40”
    ORIENTADORA Maria Christina Rizzi

  • Sonia Teixeira /Bio

    Sonia Teixeira é paulistana, nascida em 1953. É antropóloga (FFLCH-USP), economista (Universidade Mackenzie) e especialista em Gestão de Processos Comunicacionais (ECA-USP). Pesquisa temas como autoconhecimento, tempo, memória e comunicação. Trabalhou como assessora e consultora em projetos de arte, cultura e meio ambiente no Estado de São Paulo e terceiro setor, e hoje se dedica a projetos autorais

  • Texto crítico /Christina Rizz

    Sentidos

    A videoinstalação Rosa com ventos da memória realizada por Sonia Teixeira é constituída fisicamente por um conjunto de seis vídeos, cinco deles exibidos em TVs e um em projeção. Este conjunto é acolhido em um espaço que vai além de ser um espaço expositivo, mas é constituinte da própria obra. Ele não só a circunscreve, como também aponta para as quatro direções cardeais: Norte, Sul, Leste e Oeste. Todas as direções, por meio de depoimentos, nos introduzem a temas sensíveis à nossa época; o Norte refere-se à Bússola, o Sul à Tecnologia, o Leste ao Tempo e o Oeste à Memória.

    Catorze pessoas de diferentes origens, gêneros, idades, escolarização, profissões e status social, em uma conversa “olhos nos olhos” com a artista, refletem e discorrem sobre as opções dadas a elas e as escolhas feitas no dia a dia e na vida; o uso das tecnologias e sua relação com elas; as memórias vividas e imaginadas; de que forma sentem e vivem o tempo presente, considerando o passado e incluindo perspectivas para o futuro.

    A projeção que abre o processo de fruição da obra é o registro de uma performance que nos apresenta três dos momentos do Ser: a sedução do outro, o desejo de ser o outro e a busca de si mesmo.

    No último vídeo, no ponto em que se completa a videoinstalação, Sonia nos oferece uma interpretação reflexivo-poética sobre a Rosa com Ventos da Memória. A interpretação-criação instiga e delega ao público perguntas importantes e pertinentes sobre as várias acepções da palavra sentido: definição; essência; discernimento; orientação; propósito; cuidado; perspectiva; sensível; pesaroso; cediço. Todas as compreensões extensíveis a momentos e aspectos das nossas vidas.

    Foram catorze pessoas entrevistadas para o projeto. Mas nesta exposição,–– somos incontáveis a sermos convidados para dançarmos ao sabor dos ventos, conduzidos pelas nossas memórias passadas e presentes, buscando nossas direções e sentidos ao trançarmos as nossas redes de relacionamentos tendo como matéria-prima o tempo à nossa disposição e a vital busca interior.

    Obrigada Sonia.

    Entrevistados
    - Daniela de Bittencout Régis Isai de Mattos – 33 anos, Administradora de Empresas, responsável por Novos Projetos de Shopping Center
    - Denis Gabos – 56 anos, Engenheiro Eletrônico, Professor e Pesquisador na Área de Tecnologia da Informação
    - Dora Brito Pessoa – 32 anos, Cineasta de Publicidade e tem um blog de viagens
    - Eduardo Otavio Goulart de Oliveira – 45 anos, Servidor Público
    - Fernanda de Camargo David – 28 anos, Produtora de TV
    - João Yo Isai – 75 anos, Economista, Aposentado
    - Igor Borges Ludwig – 35 anos, Funcionário Público
    - Maria Thereza Lemos de Arruda Camargo – 87 anos, Pesquisadora de Plantas Medicinais na Área de Etnofarmacobotânica Brasileira
    - Mauricio João Galasso Nardi – 43 anos, Designer Gráfico e de Hipermídia
    - Renato Cury Tardivo – 35 anos, Escritor, Psicanalista e Professor
    - Ricardo José Ditt Kump – 35 anos, Diretor de Arte de Animação
    - Rosane Almeida – 51 anos, Atriz, Bailarina e Coordenadora de Atividades Artísticas e Pedagógicas
    - Roseli Pereira Vaz – 51 anos, Supervisora de Atendimento em Escola de Inglês
    - Rosileide Pereira da Conceição – 57 anos, Diarista

    Ficha técnica
    Orientador técnico/vídeo e fotografia: Lucas Mello
    Orientador técnico/projeto cenográfico: Beatriz Teixeira de Mello
    Arte gráfica: Julia Teixeira
    Coreografa e performer: Debora Andrea Blank
    Trilha sonora: José Augusto Barrichello